"Um Barco atracado ao cais é sempre um sonho preso"

quarta-feira, dezembro 01, 2004

O Pesadelo

Era impossível prolongar este susto de mentecaptos a decidirem o nosso futuro, este descambar que nos amargurava e envergonhava, tirava o sono e roubava os sonhos. Este mudar de opinião três vezes ao dia, a pose balofa de mensagem vazia.
O senhor Presidente da República, que num domingo de Outubro ignorei, quando na mesa ao lado tomava um café com o filho no Heynessis, nem como medida profilática deveria ter permitido que estes senhores se tivessem sentado na cadeira que grandes homens e mulheres "aqueceram"...
Aproveito para oferecer uma flor de luz- onde quer que esteja o seu espírito- a Lurdes Pintasilgo, portuguesa extraordinária, na qual votei para Presidente da República, que não resistiu ao riso alarve e grotesco dos carcereiros da harmonia.
Suspiremos de alívio então e empenhemo-nos para que o ar lavado se mantenha por muitos e bons anos, e que um ciclo de políticos competentes surja no horizonte próximo.
Para refazermos a caminhada sem avantesmas nem labregos, daqueles que são contra o aborto mas usam a metáfora dos bébés prematuros sufocados para exprimirem a sua pobreza mental.
Oxalá este tenha sido um decisivo golpe de misericórdia no bananal pantanoso em que isto estava a transformar-se...

5 comentários:

Águas de Março disse...

Se foi decisivo ou não logo se verá, mas golpe de misericórdia, ah isso não tenhamos dúvidas!Pena que para se provar a incompetência fosse preciso sacrificar 4 meses deste já tão sangrado país..
Abraço,
Ana Maria

Sonia F. disse...

Uma decisão esperada há já 4 meses, mas sempre bem vinda! Mesmo com algum medo que o futuro nos pregue alguma partida, por agora festejemos. :)

augustoM disse...

O seu apelo e esperânça, não estão de acordo com o meu vaticínio, não querendo eu ser profeta, mas infelizmente a realidade do presente e do passado recente, confundem-se dando origem a um futuro em que no bom português, desculpe a expressão, a m... é a mesma só as moscas mudam.
Justificarei esta minha opinião, num próximo post que irei publicar.
Um abraço. Augusto

augustoM disse...

O seu apelo e esperânça, não estão de acordo com o meu vatícino, não querendo eu ser profeta, mas infelizmente a realidade do presente e do passado recente, confundem-se dando origem a um futuro em que em bom português, desculpe a expressão, a m... é a mesma só as moscas mudam.
Irei justificar esta minha opinião, num próximo post que irei publicar.
Um abraço. Augusto

stillforty disse...

e confiemos...e uma flor de luz para a Maria Lurdes Pintassilgo.
bom fim de semana e paz.