"Um Barco atracado ao cais é sempre um sonho preso"

quinta-feira, dezembro 16, 2004

Anotação num Livro de Ruth Benedict

No meu primeiro ano da licenciatura em Antropologia tive de fazer um trabalho sobre "O Crisântemo e a Espada". Esta obra de Ruth Benedict é um olhar antropológico sobre o Japão e tal como acontece com todos os livros que compro, escrevi uma anotação, que partilho connvosco- sobretudo com a Ana Fonseca, leitora atenta desde os primeiros sinais deste blog.
"Comprado em 3-4-1991 após longa procura pelaslivrarias de Lisboa. Este foi o dia em que a Ana me telefonou de S. José onde o Nuno estava com um traumatismo craniano."
Felizmente que o Nuno e a Ana estão bem vivos e lutadores, à volta de um café onde concentram todos os seus esforços e melhores energias. Mãe e filho lançaram-se nesta aventura, oxalá o menino Jesus, o pai Natal, todos os deuses e heróis ponham no sapatinho de natal deles a melhor prenda: que a aventura tenha futuro e triunfe!