"Um Barco atracado ao cais é sempre um sonho preso"

domingo, março 13, 2005

O Jorge e as Aldrabas de Abrantes


Acabei de receber um delicioso mail do Jorge Ismael Cabral, com duas fotos e este texto:
"Olá meu chapa! Este fim de semana fomos de viagem até terras de Abrantes e Mação. E quando demos por nós, estávamos a fazer de caçadores de aldrabas... aqui vão alguns exemplos da grande aventura... temos mais... aldrabas, batentes, tudo e tudo. Abraço."
Meu querido amigo: Bem Hajas por esta gentileza! Só falta uma coisa: em que rua e em que número de porta estão estes magníficos exemplares? Posted by Hello

1 comentário:

ManuelSilva disse...

Estou hoje pela primeira vez a comentar, embora que já sentisse o prazer de falar, sobre o que leio e sinto nas palavras mais deliciosas que o nosso amigo é capaz de fabricar.
O Jorge que conheci pessoalmente no lançamento do livro "Caligrafia do Silêncio", compreendo agora mais a pessoa e o carinho que merece, de alguns anos para cá, ser um amigo fiel e presente no bom e no mau.
Agradeço desde já, toda a sua amizade que mostra por mim e espero estar à altura de poder retribuir toda a que merece. Foi o Luís que nos aproximou para o qual, estou bastante grato.