"Um Barco atracado ao cais é sempre um sonho preso"

terça-feira, fevereiro 22, 2005

O Senhor Vitorino


Fala-se dele como um grande senhor da cena política.Talvez desse um bom personagem de literatura infantil...
Pena é que a memória das pessoas tenha pezinhos de pulga!
Eu não me esqueci que foi ele que limpou a constituição de muita coisa que cheirasse a esquerda, acolitado por Assunção Esteves. Ambos subiram na vida partidária, devido aos altos serviços prestados à Nação, por essa confluência democrática entre os dois partidos do bloco central e patati patatá.
A brilhante comissão do ilustre sr. Vitorino em Bruxelas foi o prémio por ter feito o patriótico frete aos patrões, que agora aplaudem a vitória de domingo.
Não se lembravam? Vejam os jornais da época!
Acham que estou a ser mau? Havia outras alternativas, mas a malta prefere sempre mais do mesmo...
Será que estou errado?
(fotografia de Vanda Oliveira, captada em S. Cristóvão, freguesia do concelho de Montemor-o-Novo, Agosto de 2004)
 Posted by Hello

4 comentários:

stillforty disse...

Nem mais! A memória é curta.
Saudações

Fernando B. disse...

Ainda se fosse só esse...

Um Abraço,

Águas de Março disse...

A memória é curta... mas a gente reaviva-a!
Beijo.

André Ferreira disse...

Este governo cheira a Blair não cheira? Ao menos a esquerda de verdade também subiu os votos e a direita(isto é delicioso!) foi trocidada. Parece mesmo que as pessoas se esqueceram do senhor Vitorino e dos seus compinchas, e além do mais em tão pouco tempo! Claro que a comunicação social do nosso pais é uma grande ajuda como educador(como fazedor de lavagens cerebrais) das massas e como quem a controla são os do costume os esquecimentos acontecem.
Um abraço

P.S.- ainda bem que ainda há pessoas que dizem sem pudor que são de esquerda!