"Um Barco atracado ao cais é sempre um sonho preso"

domingo, maio 15, 2005

A Avozinha Checa e Outras Marionetes


No Outono 1991 trouxe de Praga esta marionete, e desde então a "Avozinha Checa" assistiu à remodelação da casa e silenciosa escutou conversas, viu gente que deixou de frequentar a casa, ou porque morreu em vida, ou porque concluiu a sua passagem por esta terra.
Acabo de escutar as notícias que chegam da Guiné-Bissau e fico sem palavras. Os zombies andam à solta. Ocorre-me apenas perguntar: quem manipula esses fantoches, que ao contrário das marionetes de Praga não auguram nada de bom. A fantochada que se adivinha tem contornos de tragédia. E dela os governos europeus são culpados, por não terem esmagado os ovos da serpente.
A avozinha checa continua nas minhas paredes, alheia ao desconcerto do planeta, o que me agrada, porque se tivesse voz seria mais uma a dizer"adeus mundo, cada vez pior".
(foto de LFM) Posted by Hello

1 comentário:

C.S.A. disse...

Fui agora consultar o meu blogue informador da Guiné, o Africanidades, e realmente!
A simplicidade e encanto deste seu cantinho encanta-me. Bastaria este «avozinha checa».