"Um Barco atracado ao cais é sempre um sonho preso"

sexta-feira, maio 06, 2005

Adeus a Tozeur


1.
deixo o teu nome
nos lábios do tempo
lá onde o beijo foi
de poeira e silêncio.
2.
quem sabe de sabor mais
amargo que um peito aberto
à secura das montanhas
e ao sal das lágrimas
no momento da partida?

Luís Filipe Maçarico
1-11-1994
(fotografia de LFM) Posted by Hello

1 comentário:

Mendes Ferreira disse...

Também fez e faz parte das minhas idas frequentes para aquelas e outras cores daquele e de outros países onde o sol se demora e a água escorre dentro dos olhos...Luis, já tinha dito o quanto te gosto?