"Um Barco atracado ao cais é sempre um sonho preso"

terça-feira, março 20, 2007

Com a Primavera, Resistir ao Desequilíbrio


O Inverno despede-se com frio e investidas de mar na costa portuguesa. Deseja-se a Primavera, para ver os campos pintados de alegria e sentir que sonhar pode trazer outro futuro.
Lá fora, no Iraque morre-se todos os dias, e por cá, na prática política dos arrogantes, que nos governam e têm governado, matam-se sonhos.
Resistir ao desequilíbrio que vemos por todo o lado, é a melhor resposta para quem espera tempos melhores.

3 comentários:

Grilinha disse...

O Planeta está doente.
Os Homens lutam entre si.
Portugal anda em guerrinhas politiqueiras.
A Primavera está a chegar sem os bandos de andorinhas e com os canteiros a florir muito a medo.

marialascas disse...

Somos de facto imperfeitos e há sempre vales e muros à nossa frente, mas também há campos de papoilas algumas vezes...
Lembro-me dum amigo que me chamou pela primeira vez papoila primaveril e interrogo-me porque não caminha agora ao nosso lado.

Fernando Manuel Oliveira Pinto disse...

Belo contraste cromático!