"Um Barco atracado ao cais é sempre um sonho preso"

segunda-feira, maio 01, 2006

Aldraba é Sinónimo de Trabalho de Equipa e Nome de Site


Em 2005, no dia da Liberdade, nascia a Aldraba. Sonho ousado para quem não tinha sede, mas mesmo assim fizeram-se estatutos, debatidos ao longo de cinco meses de reflexão de uma Comissão Promotora que reunia em casa de dois futuros vice-presidentes da direcção eleita em Assembleia Geral fundadora, que aprovou os estatutos e o programa de actividades.


Decorreu um ano. O fôlego desta jovem associação está patente nos resultados: mais de 100 associados, parcerias com diversas autarquias, seis encontros (Montemor-o-Novo, Viana do Alentejo, Alqueva I - visita à barragem e interacção com populações das aldeias da Luz (Mourão) e da Estrela (Moura), Alqueva II - debate na Ordem dos Arquitectos sobre as aldeias da Água, com Isabel Guerra, Raúl Caixinha e Maria João George, Coruche e Aljustrel).

Mas não é tudo...Houve também 3 exposições: Aldrabas e Cataventos, Momentos de Rua nos Pátios de Lisboa, Centenário de Adeodato Barreto. Fizemos duas assembleias muito participadas, mantivemos um blogue que vai a caminho do ano e meio de existência, criámos dois e-mails, um no hotmail, outro no gmail, mas não parámos de sonhar. É por isso que desde há alguns meses decidimos realizar um filme sobre a vida e a obra de Mestre Jorge Rua de Carvalho, homem do associativismo, do teatro de amadores, da poesia popular, do fado operário e do reencontro com a memória dos pregões de Lisboa e das brincadeiras de infância dos anos 20-30.

Fizemos parte do júri do concurso de pintura sobre o contrabando em Santana de Cambas e fizemo-nos representar na apresentação do livro sobre o mesmo tema que foi realizada na nova sede da Junta de freguesia local, numa inesquecível jornada de memórias e fraternidade transfronteiriça. No pré-lançamento desta obra em Alpedrinha também estivemos presentes.

Na Aldraba não há um presidente iluminado, há uma equipa que interage, que produz todo este trabalho, o qual efectivamente é colectivo e o nosso prestígio advém desse compromisso de cada um com o todo que são os associados.
Temos uma postura que recusa a de certas agremiações cujo objectivo primordial é" ensinar o povo a respirar".
Por isso chegámos aqui: o nosso boletim é motivo de satisfação e aplauso, bem como o site que nos propusémos criar e agora é uma realidade.

http://www.aldraba.org.pt/

A todos os que transformaram o sonho em realidade, do cidadão anónimo ao companheiro que se destacou na Sociedade pelo seu desempenho a bem do colectivo, é chegado o momento de demonstrar reconhecimento e orgulho, por termos semeado, justamente neste blogue, a inquietação que gerou um dos mais belos ideais realizados em vida.
Obrigado, companheiros de sonhos!





























9 comentários:

Mendes Ferreira disse...

magnifica reportagem. de alma. e de empenho.


bom dia de maio. que é nosso. e mt. teu.

A(maio.te).


beijos....!

porteiro disse...

machadoana
Apr 30 (16 hours ago)

Olá Luís!

Já dei uma vista de olhos no site! Está muito bom. Parabéns! Pelo site e pelo
vosso aniversário.

Beijinhos,


Ana Machado

porteiro disse...

António Ramos to me
Apr 30 (1 day ago)
Viva

Parabéns. está muito bem conseguido o espaço! O Boletim tb está muito bem feito, tudo cores claras e não cansativas! Fazem tb em papel ou não?

Um abraço
António Ramos

porteiro disse...

António Ramos to me
Apr 30 (1 day ago)
só agora reparei que dizes que é uma versão experimental. Experimental? Isto é de profissional...! E bom!
Um abraço
António Ramos

porteiro disse...

From: Prazeres < a_praz
Date: Apr 30, 2006 12:06 PM
Subject: Parabéns pelo site
To: aldraba

Foi em boa hora que o vosso associado Luís Maçarico, meu amigo de longa data, me deu conhecimento da vossa associação. Digo em boa hora, pois pelo que li e vi, é sem sombra de dúvida, algo que faltava e que estou certa irá engrandecer e incentivar a conhecer o nosso país cultural em todas as suas vertentes.
Obrigada por este lufada de ar fresco, e por trazerem ao conhecimento do mundo da net as raízes deste nosso povo tão rico em suas tradições e valores que infelizmente andam tão esquecidos.
Serei, sem dúvida, uma leitora atenta do vosso site.

Maria dos Prazeres La Féria Oliveira

Mané disse...

Neste dia de descanso, o sol tras-me paz. Vou preparar nestes dias um pequeno trabalho do 1º aniversário da Aldraba, para mais tarde te mostrar.Um grande abraço.

porteiro disse...

Mensagem Recebida...

De: Ana Maria Fonseca
Enviado: quarta-feira, 3 de Maio de 2006 18:12:55
Para: macarico
Assunto: Na casa onde nasci, eram duas repenicadas, eu morava no 2ºesq

| | | Caixa de Entrada


luís

Obrigada pelos momentos de sábado. Espero poder estar por muitos mais anos comemorando os aniversários da "ALDRABA". Sente-se a envolvência de todos que participam e é sempre delicioso estar com amigos. Tive pena de não poder ter ficado até ao fim, mas pelas fotos que vi no blog faço ideia. Também já visitei o site está uma déli.
Estive a ler o teu texto das Aldrabas e batentes - um olhar antropológico, na Revista da Cultura publicado pela Câmara de Montemor, estou a começar a apaixonar-me pelo tema....

bjinhos doces
::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::: ANA :::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

LUA DE LOBOS disse...

A autora Maria de São Pedro, a Papiro Editora e a Fnac têm o prazer de convidar V.Exas. a estarem presentes para o lançamento do livro GATO PEDRA no dia 19 de Maio, pelas 19.00h na Fnac - Cascais Shopping.

Fernando Manuel O. Pinto disse...

Um grande abraço, amigo Luís. Bom fim-de-semana! Gostei muito desta cascata de fotos!