"Um Barco atracado ao cais é sempre um sonho preso"

sexta-feira, setembro 09, 2005

Ninguém Canta como Simone




Simone Bittencourt de Oliveira seduziu os portugueses numa festa do Avante lendária em que Chico Buarque da Holanda também cantou.
Há muitos anos assisti a um inesquecível espectáculo desta grande artista, de voz ímpar, sempre recordado com admiração, ali no Coliseu dos Recreios.
Ontem,quase duas décadas depois tornei a vê-la no mesmo lugar e quero dizer-vos que está imparável, com uma voz maravilhosa, contagiante, mais bonita, mais alegre.
Simone partilha com o público uma cumplicidade mágica, de emoção à flor da pele, não temendo estender a mão a quem está perto,deixando-se tocar num gesto elegante, sensível, poético.
Na sessão de ontem ela autografou enquanto cantava, desceu do palco, beijou,foi ternurenta para miúdos e graúdos e sem deixar o microfone, fotografou a assistência, numa deliciosa performance.
Deusa do afecto, rainha da energia positiva, Simone arrebata multidões. O público saciou a sua sede de música cantando em coro com a Diva. No Coliseu de Lisboa quem sabia de cor as canções emblemáticas de Simone, fez coro, dançou, aplaudindo-a longamente.
Represas passou por lá, só que soou a falso o sotaque brasileiro, e, nitidamente fora do contexto, passou o tempo a berrar para ficar no tom da "Baiana de Gema". Salvou-se o dueto da "Feiticeira", embora alguns pulmões femininos tivessem gritado para ele se ir embora.
Simone terminou a sua actuação distribuíndo rosas brancas, num ritmo enfrenesiado de samba que pôs muita gente a suar de contentamento, saltando da cadeira, bamboleando como podia.
Foi muito bom voltar a vê-la e a ouvi-la.
Fiquei a gostar ainda mais dela e para quem tiver a mesma sensação, recomendo uma visita ao site de onde tirei estas fotografias:
http://www.paulogoncalo.com/simonex.html

9 comentários:

C.S.A. disse...

Deves estar feliz!
Ainda bem.
Abraço.

Mendes Ferreira disse...

ninguém se en/canta como TU. Beijo.

Ana Teresa Bonilha disse...

Simone através de seus olhos é Simone de fato! Que poder tens de revelar a realidade sem dela perder nada!

Espero que ela tenha cantado Dandara. Realmente é uma das minhas músicas preferidas (das novas) dela.

Simone - Dandara


Ela tem nome de mulher guerreira
E se veste de um jeito que só ela
Ela vive entre o aqui e o alheio
As meninas não gostam muito dela
Ela tem um tribal no tornozelo
E na nuca adormece uma serpente
O que faz ela ser quase um segredo
É ser ela assim tão transparente

Ela é livre e ser livre a faz brilhar
Ela é filha da terra, céu e mar
Dandara

Ela faz mechas claras nos cabelos
E caminha na areia pelo raso
Eu procuro saber os seus roteiros
Pra fingir que a encontro por acaso
Ela fala num celular vermelho
Com amigos e com seu namorado
Ela tem perto dela o mundo inteiro
E à volta outro mundo admirado

Ela é livre e ser livre a faz brilhar
Ela é filha da terra, céu e mar
Dandara

TMara disse...

quem dera ter podido estar.
Bom fs. Passa lá por casa, precisamos de ti. Bjs e ;)

augustoM disse...

Também gosto muito da Simone, tem uma presença em palco impar.
É desta que vais ao jantar que eu e o Fernando estamos a organizar?
Um abraço. Augusto

anjoazul disse...

Claro que concordo contigo... a voz da Simone está tão bonita como nunca e com a experiência que só a idade trás, aliás como ela toda inteira...

P.S.: Lá por não gostares muito do Represas, não tens que lhe põr cedilha na Feiticeira... vai lá tirar a patilhinha do c.

Beijos grandes... foi óptimo rever a Simone contigo!

Mendes Ferreira disse...

eu sei meu querido e tb sei que vai tudo correr MUITO BEM. TU MERECES. depois conta.bjo E N O R M E .

dreamteam disse...

Tudo isso é verdade - a entrega, o carinho e respeito pelo público, a alegria contagiante, .... o represas que suou a falso. Eu também estive lá.
Ainda bem que vibraste!
um beijo

Mendes Ferreira disse...

P
A
R
A
BENS MUITOS MUITOS ....fIQUEI TÃO FELIZ.....ADOREI. BJS.