"Um Barco atracado ao cais é sempre um sonho preso"

terça-feira, setembro 13, 2005

Tese de Mestrado







Durante quatro anos Santa Camarão fez parte dos meus dias. Primeiro, através da biografia "Com o Mundo nos Punhos", que a Câmara Municipal de Lisboa editou.
Depois, foi tempo de nova recolha etnográfica, em torno da patrimonialização, aquando do centenário do nascimento do boxeur, contactando os actores implicados, grupos informais, instituições e cidadãos isolados, com o objectivo de elaborar a dissertação de mestrado:"Os Processos de Construção de um Herói do Imaginário Popular - O caso de Santa Camarão", apresentada pelas 11 horas da manhã de 13 de setembro de 2005, no ISCTE, na sala Afonso de Barros.
Amigos como Ana Fonseca, Nuno Mathiotte, Cristina Pombinho, Manuel Silva (autor destas fotografias)Alexandra Leandro, Rosa Dias, José Alberto Franco, Dina Mira, Graça Nogueira, Vanda Oliveira, Dias Anjos e Amélia Gouveia, além do coordenador do curso "Patrimónios e Identidades", professor doutor Joaquim Pais de Brito, estiveram presentes, dando-me a honra do seu estímulo.
Presidido pelo professor doutor Brian O'Neill, o júri que era ainda composto pelo arguente professor Jorge Crespo e pela professora doutora Graça Índia Cordeiro (orientadora da tese), decidiu atribuir por unanimidade a nota máxima (Muito Bom).

3 comentários:

dreamteam disse...

Um grande beijo de PARABÉNS!

C.S.A. disse...

G'anda Luís!
Uma grande bofetada em certas pessoas que andam para aí, foi ou não foi?
Abração.

ManuelSilva disse...

Foi bonito, mesmo as criticas que se tornam positivas, ditas de uma maneira luminosa.
Nunca pensei que foce assim!!
O empenho, humildade, garra, dedição e carinho, por valores perdidos, deixam flutuar uma avaliação diferente mas muito positiva daquilo, que também penso, que seja bom proteger-nos de uma certa identidade escaça nesta sociedade para o bem de nós mesmos.
Pessoalmente aprendi muito, gostei do que ouvi e do que resultou,compreendendo o desempenho de todas as dificuldades deixando por vezês a vida e os amigos.
Por isso e muito mais estás sempre comigo....