"Um Barco atracado ao cais é sempre um sonho preso"

segunda-feira, janeiro 24, 2005

Não Resistir a Uma Ideia Nova ou "O Nome da Rosa" em Tomar pelos "Fatias de Cá"


Assisti há 24 horas a um excelente"O Nome da Rosa" adaptado a teatro por Carlos Carvalheiro, que também assina a encenação, representado pelo grupo "Fatias de Cá" durante quase 6 horas, no Convento de Cristo em Tomar.Os espectadores são encaminhados pelos protagonistas, por inúmeros espaços deste belíssimo monumento, para acompanharem as peripécias da obra de Humberto Ecco. A trama desenrola-se entre claustros e corredores, entre a sala do capítulo e a cozinha, entre o refeitório e a sala do forno,entre o scriptorium e a sala das cortes, entre a charola e a casa do prior. Perto de 40 actores e figurantes dão corpo ao texto, com soluções cénicas inesquecíveis, como a procissão de archotes com que o espectáculo começa, observada a partir das varandas do convento e a coreografia final no claustro de D. João III.
Ana Carvalho em Salvador, Carlos Carvalheiro em Guilherme e Vítor Hugo em Jorge proporcionaram, à frente de um elenco de categoria, a fruição de um anoitecer fantástico em Tomar. Mobiliário, guarda-roupa, adereços, luz, som, cathering (tudo divino!!!humm que deliciosa canja, a fazer-nos tropeçar no pecado da gula...)contribuíram para a envolvência do público, que subiu e desceu escadarias em caracol, espalhou-se pelos espaços, correndo pelos corredores, conforme o guião pedia, interagindo num misto de prazer e emoção.
No final foi possível saborear maravilhosas fatias de Tomar, enquanto os actores se misturavam com os espectadores, agora todos cidadãos a preparar o regresso às rotinas de mais uma semana de trabalho.
Aconselho todos aqueles que gostam de teatro e do bom gosto, da criatividade e de surpresas, a passarem um fim de dia em Tomar, com familiares e amigos, convivendo e usufruindo de momentos de arte, no cenário privilegiado de um dos monumentos mais belos do nosso país. Porque para o grupo "Fatias de Cá" é preciso "não resistir a uma ideia nova nem a um vinho velho"...
(Como ainda não tenho máquina digital, a foto é da Cristina Pombinho, que me desafiou para ir a Tomar assistir a esta maravilha. Trata-se de uma imagem da cidade de Granada vista do Alhambra/Alcazaba, ao entardecer...) Posted by Hello

2 comentários:

augustoM disse...

Luís confio plenamente no teu bom gosto, acredito ter sido um espectáculo inesquecível, com uns doces coventuais maravilhosos.
Um abraço. Augusto

Rui Graça disse...

Meu amigo!!

Fico contente por teres ido a esse espetáculo que concerteza teve os ingredientes certos para ter sido maravilhoso!

Mas não me disseste nada!?!?! Eu queria ter ido também!! Buááááá!

Agora que migrei, já te esqueceste de moi??

Ok, estás perdoado!!

Depois tens de me contar como foi!

1 Abração gicante (para realmente te abraçar!)