"Um Barco atracado ao cais é sempre um sonho preso"

quarta-feira, abril 04, 2007

Em Évora, com Amigos






Várias vezes e com pessoas diversas visitei Évora, a cidade onde nasci. Aqui apresentei "Celebração da Terra". 23 livros de minha autoria estão registados no Centro de Documentação da Câmara Municipal. Soube-o hoje, ao entregar mais dois trabalhos publicados.
Voltei ontem a esta bela cidade, com a Maria Amélia, o Manuel Sobral Bastos e o Nuno Miguel.
No quintal destes amigos vivem 3 cágados grandes e 23 bébés-cágado...
Quando a Lina, a neta luso-alemã nasceu, uma cerejeira foi plantada neste quintal.
A laranjeira está em flor. A nespereira ainda não deu nêsperas. O limoeiro apresenta os seus frutos. Três gatos gordos miam atrás de Lisette, que cozinha com apuro.
Amélia fez anos neste dia 4 que está a acabar quando escrevo este artigo.
O frio de Janeiro rondou esta latitude por estes dias. Nasceu uma lua daquelas que só se Vêem no sul, gorda, de cobre velho, provocadora.
A vida continua depois do Inverno. Maria Amélia festejou mais uma primavera pedindo três desejos. Que se realizem plenamente, são os meus votos. Tão plenamente quanto estou a fruir estes dias, na vossa companhia, queridos amigos!
Texto e fotos de LFM

2 comentários:

girassol disse...

Um beijo a ti e Boa Páscoa. Em boa companhia estes dias passados. Os amigos são isso. São o tudo que nos suporta...

Jingã

gisela cañamero disse...

Olá Luís! Em desespero, para o próximo espectáculo preciso de gravar um cágado! Há hipóteses de me pores em contacto com estes teus amigos? Muito urgente... meu mail: gi.canamero@gmail.com
Obrigada!!!