"Um Barco atracado ao cais é sempre um sonho preso"

quinta-feira, março 02, 2006

Se Forem a Mértola...


A velha aldraba cintila na porta vermelha, coroada pela buganvília, ao sol do Alentejo. Se forem a Mértola procurem-na. E no rumoroso silêncio de Março, enlacem-na numa carícia de gratidão, pelo desempenho que teve ao longo de séculos, acordando os da casa para o dia de zumbidos e labores, para se enfrentar o facto doloroso ou o evento festivo. Se forem a Mértola vejam como é bonita e melodiosa a sua voz, que canta saudades para o Guadiana...
(fotografia de LFM) Posted by Picasa

6 comentários:

Mané disse...

Estás sempre atento a esses pormenores que, despertam sem duvida, um outro olhar para quem passa nesses locais. Realmente existe muita coisa bonita que nos passa ao lado e que nem sequer nos apercebemos.
Gosto de sentir as tuas palavras quando são brilhantes, assim como, do que fazes e sentes. Abraços fortes de muita saudade.

Mané disse...

Estás sempre atento a esses pormenores que, despertam sem duvida, um outro olhar para quem passa nesses locais. Realmente existe muita coisa bonita que nos passa ao lado e que nem sequer nos apercebemos.
Gosto de sentir as tuas palavras quando são brilhantes, assim como, do que fazes e sentes. Abraços fortes de muita saudade.

augustoM disse...

As aldrabas são mais importantes do que se julga. Desde o anúncio ao status, elas serviram muita gente durante gerações e gerações. As mãos podiam mudar conforme os tempos, mas ela ficou sempre intemporal.
Um abraço. Augusto

Fernando Manuel O. Pinto disse...

Uma fotografia muito bela! Gosto muito dos tons!

Mendes Ferreira disse...

esplendor. a tua foto. o teu olhar. amo-te.

Mendes Ferreira disse...

o mundo pode dar muitas voltas que sempre hei de voltar a ti. como sempre. desde sempre.


obrigado Doce.