"Um Barco atracado ao cais é sempre um sonho preso"

quarta-feira, novembro 30, 2011

Não Quero Ser Espanhol!



Mensagem enviada à Direcção da Sociedade Histórica da Independência de Portugal, criada em 1861, a quem pedi informações acerca das comemorações do feriado do 1º de Dezembro, que se realizarão amanhã, na Praça dos Restauradores, em Lisboa, como é habitual, mas onde participarei pela primeira vez:


"Agradeço a vossa atenção e desejo que estas comemorações, sejam marcantes, atendendo ao actual contexto, em que o alcaide de Olivença pretende comemorar, de forma insultuosa para com Portugal, a ocupação espanhola daquele território, enquanto o governo português, em nome do sacrossanto deus dos mercados monetários, não se importa de descartar da nossa identidade, do nosso património, da nossa memória colectiva esta data - sagrada para todos os que não trocam a independência, pela subjugação, mesmo que hajam alguns que preferissem ser espanhóis, na ilusão de ganhar mais, de ter mais dinheiro no bolso, ao que parece o único valor dos nossos tempos, confundindo-se agiotas e opressão com desenvolvimento e bem estar."


Luís Filipe Maçarico (texto) Foto (cartaz da campanha do Turismo do Alentejo, destinada a atrair turistas espanhóis...A brincar, a brincar, há entidades pelos vistos impunemente irresponsáveis e até premiadas pela "ousadia e originalidade" em fóruns de negociantes, que vão criando nas mentes massacradas dos tugas a estúpida ilusão que, se nos deixarmos conquistar pelos hermanos, atingiremos graus de prazer que só existem na mítica ideia de paraíso...cá por mim, se isso sucedesse nem a vaselina podia acudir a essa gentalha sem coluna vertebral, sem princípios, a quem apenas a vida de plástico interessa).

1 comentário:

elvira carvalho disse...

Também já tinha visto a foto dos Alentejo com a bandeira espanhola.
E como sempre esteve o amigo muito bem ao pedir esclarecimentos.
Um abraço e bom fim de semana