"Um Barco atracado ao cais é sempre um sonho preso"

quarta-feira, novembro 09, 2005

Parabéns, Margarida!




Conheci-a na direcção da antiga Federação Portuguesa das Colectividades de Cultura e Recreio. Eu era 1º secretário e ela vice-tesoureira. Uma amizade nasceu, com a intensidade que dois escorpiões podem imprimir. Com ela aprendi o que é uma platibanda, depois de termos organizado e montado a exposição sobre os 75 anos da FPCCR no complexo desportivo dos Olivais. Escrito a meias um livro sobre os 150 anos da Sociedade Filarmónica Alunos Esperança, levou-me ao barrocal algarvio, numa Primavera chuvosa mas de muita ternura. Acampei no Ferragudo, conheci melhor Portimão e em Miranda do Douro, com o Fernando Fino, apresentou os seus poemas num aconchegante encontro de poesia sem fronteiras, entre jovens da UTAD e o povo, inesquecível, da aldeia com quem partilhámos uma burricada festiva até às arribas do Douro. Estivemos juntos na fundação da Aldraba.
Há dias achei estranhíssimo o ultimato que me fez: que não podia desmontar no dia 9 a exposição de Jorge Rua Carvalho (internado no domingo, a quem desejo as melhoras), porque também tinha direito a ter um dia para ela...
Agora entendo: Parabéns Margarida!!!
Longa vida para ti e para esse notável vemos,ouvimos e lemos, que há mais de um ano animas.
E para todos aqueles que amas, como o Fernando, a Bá, o Manel e o Vasco, além da kotinha...
(imagens recolhidas a partir do site da pintora síria hala faisal)

2 comentários:

Guida Alves disse...

Oh! Mas que coisas giras de que tu te lembraste... Obrigada, Luis. E ainda havemos de fazer mais coisas giras em conjunto, pois continuamos a ser dois escorpiões indomáveis e de sonhos à solta!
Beijo muito amigo.

TMara disse...

pois p/ uma pessoa assim, para mais "escorpiona" ( é como gosto de dizer/brincar)parabésn e coisas boas, muitas e algumas menos boas, mas pequeninas - n/ vale a pena desejar só boas pq as más tmb vêm.Desejemo-las então pequeninas. Bj de luz e paz para a ainversariante e para ti