"Um Barco atracado ao cais é sempre um sonho preso"

terça-feira, agosto 01, 2006

ÁGUAS DO SUL NASCEU HÁ DOIS ANOS


No dia 1 de Agosto de 2004 começou esta aventura, com poemas sobre o Alentejo e a Beira Baixa.
As asas permitiram trazer fotografias de diversos sítios, além das ofertas e da digitalização de algumas imagens antigas, que amigos nos ajudaram a aprontar para poder usar aqui, como é o caso desta imagem (LFM:Florença)
As visitas têm sido estimulantes e ainda que poucos comentem, o Águas é visto anualmente por milhares de cibernautas de todo o Mundo.
Hoje, ao assinalar a data, deixo uma palavra de PAZ e de SABEDORIA para os que governam o planeta e o país onde vivemos. É que neste momento não posso deixar de pensar nas imagens que nos bombardeiam em televisões e jornais, acerca dos que sofrem no LÍBANO, IRAQUE e PALESTINA, fugindo ou enfrentando a Morte.
Ficou-me na ideia o que José Rodrigues dos Santos disse no telejornal das oito (que vi enquanto aguardava o enfermeiro Tavares que nas últimas duas semanas tem tratado da unha do dedo grande do meu pé esquerdo, que decidiu entrar pela carne dentro) a propósito de cidadãos libaneses que preferiam morrer nas suas casas em Beirute em vez de mendigar comida e vida nos campos de refugiados.
O meu pensamento vai também, nesta hora, para todos os que em Portugal não têm emprego e como eu já estão nos "entas", vivendo angústias e pesadelos. É com o coração atento a todos os seres humanos que sofrem que assinalo dois anos de intervenção.
E é assim que quero continuar.

11 comentários:

Pete disse...

Luis muitos parabens pelos dois anos de blog e esperemos que continue com este projecto por muitos e bons anos, pois é um projecto bastante diversificado com sentido humanístico e com imagens e histórias de excelente nível.

Um Abraço e boa semana,

Pedro Gonçalves.

Fernando Manuel O. Pinto disse...

Parabéns, amigo Luís! Continua, que vale a pena, digo, o "post". Ou será ao contrário? Abraço!

Eduardo Castro Serra disse...

Cá tenho vindo alimentar-me nas palavras sábias da escrita de um Bom Amigo.
Parabéns Luis.

Um abraço.

paula silva disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
paula silva disse...

Bem-hajas e Parabéns, Luís, pelas tuas palavras de Paz e Sabedoria, ao longo destes DOIS ANOS a blogar...
Não nos tens oferecido apenas Paz e Sabedoria, mas também Amor, Generosidade, Revolta, Luz, tantas Imagens Magníficas, Poemas... enfim tantos sentimentos genuinos que partilhaste com todos os que por aqui passam, e sempre regressam, para respirar sonhos pela tua voz insubmissa, sensível e tão especial....
Não posso esquecer ainda que foi este grande amigo, através do "Águas...", que me incentivou e levou a criar os meus blogues.
Aquele ABRAÇO forte!
E vamos fazer 22 anos de blog????

MRS disse...

Continua sim, fazes cá falta, pena sermos alguns, não gosto de dizer "poucos", ás vezes mais vale poucos bons que muitos maus, a tua irreverência juntando esse dom que tens na escrita, incomoda muitos, mas ainda bem Luis, é para isso que cá estamos, para incomodar o sistema, eles querem fazer-nos mais uma estatistica, mas nós somos persistentes, ás vezes é duro, mas vale a pena a caminhada.

Parabéns pelo "Àguas do Sul"

Mário Sousa

J.C.Pereira disse...

Que continue com toda a humanidade que lhe vai na alma.
Um abraço

augustoM disse...

Parabens Luis, és praticamente da minha idade blogueira.
Todas as manhãs, quando me levanto vou direito ao espelho para me certificar que ainda estou vivo. Nos tempos que correm, nunca se sabe quando iremos levar com uma bomba, só porque alguém nos chamou de terroristas.
É o admirável mundo novo.
Um abraço. Augusto

Abade.anacleto disse...

Conheci o teu Blog há cerca de um mês e volto sempre e sempre. Conhecia muita da tua poesia incontornável, e considero-te (como já te o referi por telefone) como um dos melhores declamadores de poesia que este País tem (para mim, o melhor). O que não conhecia era a tua prosa que oscila desde o suave como a brisa afagando uma qualquer folha de árvore indistinta até à dureza de uma análise sobre o conflito que os Israelitas mais uma vez provocaram. Ou seja, suavidade e dureza consoante o caso.
Deste que te admira desde a 1ª vez que falou contigo ao telefone e te leu algumas tentativas de versejar.
Continua com o bom trabalho e muitos parabéns deste sempre teu amigo Francisco de Beja.
Um abraço forte.

Mané disse...

Obrigado, pela dedicação e empenho, que decoras nessa ritmada escrita cheia de luz e vontade.Divulgação e informação de pequenos detalhes que transformam e direcionam o nosso olhar.
Parabéns.Força e coragem para mais...
Inchala.

zedasporras disse...

Grande amigo Luis!
cá estou eu, a tentar "blogar" contigo, força nesse teu espirito de sabedoria e com o astral sempre em cima podendo contar sempre contigo na amizade e velhos tempos passados na galhofa... ah! ah! ah!
um abração