"Um Barco atracado ao cais é sempre um sonho preso"

domingo, novembro 23, 2008

A Opinião de Miguel Bento sobre "Cadernos de Areia"


Há dias recebi do companheiro Miguel Bento esta mensagem, que ele autorizou que partilhasse convosco:

Luis Maçarico:

Li os pemas do "Cadernos de Areia" e gostei. Gostei muio. Acho que percebi porque é que vieste para o Mestrado em Mértola. Não sei, mas talvez para encontrares o Sul que incessantemente procuras nos teus poemas!
Penso que os poemas são um hino à luz e à imensidão de todas as coisas. Das paisagens, dos homens e da vida.Do pensamento humano em comunhão com a natureza.
Talvez tenha gostado mais, porque também eu, só estou bem, virado para esse Sul onde tudo me parece maior, mais límpido e suave. Porventura como eu gostaria que todas as coisas fossem. Mas tem que haver o contraste de tudo.
Talvez não fosse má ideia apresentar o livro em Mértola por altura do Festival Islâmico? Fica a sugestão!

Um Abraço, deste "sulista" convicto.

Miguel Bento

5 comentários:

girassol disse...

Pois eu estou à espera de oportunidade para adquirir esse "Cadernos de Areia". Espero dele sentires teus das coisas do sul e do tempo e dos dias em que fazes a imensidão do que tu próprio transportas e constróis dentro de ti para nos dares em palavras.
Hei-de tê-lo um dia destes... quando for mais para sul que aqui não se faz chegar...
Jingã

marialascas disse...

Não tenho a sorte de conhecer o livro, mas gostei do que ficou escrito no comentário.

marialascas disse...

E se for apresentado no festival Islâmico diz com antecedência, quem sabe se lá poderei estar. Adoraria!

elvira carvalho disse...

Há um tempo que tenho estado ausente. Mas hoje já li os postes todos até ao fim da pagina.
E agora uma pergunta. Cadernos de Areia é o seu mais recente livro?
É onde posso comprá-lo?
Um abraço e tudo de bom

Fernando Pinto disse...

Este teu livro, amigo Luís, deve guardar o vento perfumado do teu Sul... Minto?

Abraço do ovarense
Fernando Pinto